5 práticas para ter bons resultados financeiros

Quando você pensa nos detalhes da organização financeira da sua vida, o que vem à sua mente? Sabe quanto economiza, quanto leva para casa a cada período de pagamento e quanto deve? Ou você desenha um espaço em branco, inseguro quanto à sua entrada, o valor que economizou ou mesmo como gastou seu dinheiro?
Se a sua resposta for a última, organizar suas finanças pode parecer uma tarefa importante, e talvez, seja por isso que tantas pessoas evitam fazê-la. Mas os benefícios da organização financeira superam em muito o aborrecimento que a tarefa causa. Por um lado, quando você organiza suas finanças, pode definir metas e trabalhar em direção a elas. Você também é capaz de descobrir onde consegue fazer alterações e como essas mudanças afetarão sua vida, financeira e de outra forma.
O truque é dividir a tarefa em estágios gerenciáveis. Concentre-se em uma área de suas finanças por vez e, eventualmente, você poderá obter tudo em ordem. Veja como você pode começar.

1. Calcule sua renda e despesas mensais

Para criar uma organização financeira, é necessário saber quanto dinheiro tem para entrar e sair. Primeiro, você quer descobrir o valor que você ganha durante um mês típico. Se você tem um emprego, pode ver o valor do pagamento líquido para ver quanto realmente leva para casa em um mês. Você precisará somar os totais mensais de cada um dos salários, se receber mais de uma vez por mês.
Em seguida, some o valor total de suas despesas mensais. Você pode revisar os extratos bancários e de cartão de crédito para entender como gasta seu dinheiro todos os meses. Seus extratos podem dar uma ideia de todas as despesas irregulares que você possui.
Agora que você tem um valor de renda e um para suas despesas mensais, é hora de comparar os dois. Idealmente, sua renda será igual ou superior a suas despesas. Se as despesas forem mais altas que sua renda, isso significa que você está gastando mais do que ganha  e pode acabar endividado.

2. Determine suas despesas fixas e variáveis

O próximo passo na organização financeira é criar categorias para suas despesas e atribuir um valor a cada uma. Algumas pessoas acham que isso ajuda a separar suas despesas em categorias fixas e variáveis.
As despesas fixas normalmente incluem:
  • Pagamentos de financiamento imobiliário ou aluguel
  • Pagamentos de seguro
  • Pagamentos de empréstimos
  • Taxas de serviço de assinatura

As despesas variáveis ​​normalmente incluem:
  • Supermercado
  • Roupas
  • Custos de transporte
  • Refeições
  • Entretenimento
  • Algumas contas de serviços públicos

Geralmente, as despesas fixas são as mais fáceis de orçar — basta registrar quanto gasta mensalmente. Você pode ter que usar um pouco de adivinhação ao descobrir quanto custam as despesas variáveis. Revisar suas contas, no entanto, lhe dá uma ideia do valor médio gasto em roupas, alimentos e outras despesas variáveis ​​nos últimos meses. Você pode usar essa média como ponto de partida e ajustar conforme necessário.
Depois de saber quanto suas despesas variáveis ​​e fixas são, ou é provável que sejam todos os meses, você pode fazer ajustes. Por exemplo, se você tiver dívidas que gostaria de pagar, procure despesas a serem reduzidas e direcione esse dinheiro para seus pagamentos de empréstimos. O mesmo acontece se você quiser economizar mais, seja para uma poupança ou aposentadoria privada.

3. Defina prioridades

Mesmo com um orçamento em vigor, pode ser um desafio cumpri-lo e trabalhar em suas metas de economia. Vamos ser sinceros: reservar dinheiro não é tão divertido quanto sair num fim de semana, curtir uma noite com os amigos ou comprar uma roupa nova. Antes que você perceba, o dinheiro que você economizaria se foi.
Uma maneira de “enganar” a si mesmo é primeiro pagar todas as contas, e destinar aquilo que você previu para a poupança. Então o que sobrar você pode usar para seus gastos e desejos pessoais.

4. Acompanhe seus gastos

Uma forma eficiente de garantir sua organização financeira é acompanhar seus gastos. Ao fazer isso, você terá uma noção de para onde está indo o restante do seu dinheiro, podendo garantir que está no caminho certo para alcançar outras metas financeiras.
Existem algumas maneiras de acompanhar os gastos todos os meses, como fazendo o download de um aplicativo financeiro, usando aplicativos bancários ou mesmo usando papel e caneta para acompanhá-los.
Com o uso da tecnologia você pode consultar a qualquer momento seus gastos, o que ajuda a exceder o orçamento. Também, entender de uma maneira mais realista como você usa seu dinheiro. Depois de acompanhar seus gastos por um mês ou dois, você consegue voltar ao seu orçamento e fazer ajustes para refletir com mais precisão como está vivendo.

5. Compre de forma inteligente

Pôr as finanças em ordem não significa apenas determinar o que está indo, para onde e quanto deseja economizar. Também significa encontrar maneiras de aproveitar ao máximo seu dinheiro ao gastar.
Compras mais inteligentes podem significar economia de dinheiro e melhor organização financeira. Por exemplo, graças à Internet, é muito fácil comparar preços. Basta digitar o nome ou a descrição do item que você deseja comprar em um mecanismo de pesquisa e provavelmente obterá diversos resultados de vários varejistas.
Às vezes, pequenas alterações levam a resultados significativos. Escolher a opção mais barata, como o macarrão da marca da loja, pode reduzir suas contas de supermercado. Outras pequenas maneiras de escolher a opção mais barata incluem, por exemplo, fazer café em casa em vez de comprá-lo em um café.

Faça seu dinheiro valer!

Como você acompanhou as dicas, uma organização financeira é essencial, seja na sua vida pessoal ou na sua empresa. Desta forma, você compreende onde está indo seu dinheiro e consegue controlá-lo melhor, permitindo fazer investimentos ou ter uma poupança de segurança em caso de alguma eventualidade.

Fonte Texto: Gestão Contábil

Você também pode se interessar:
Como prolongar a sua vida com mais saúde e disposição
Experiências Culturais sem sair de casa
Como lidar com o isolamento social?
Coronavírus: o Seguro de Vida cobre?

Segurança é a base de qualquer planejamento de sucesso.

Clique no botão e conheça o plano ideal para proteger você e quem você ama.

Post by floripana