Rastreador veicular não substitui o seguro

23 de junho de 2015

floripana

Novidades

0

rastreadorRastreador veicular não substitui o seguro e uma eventual troca não é uma boa ideia.

Entre vários outros motivos porque são coisas diferentes e cada um tem sua característica própria, os dois são produtos complementares. O rastreador permite ao proprietário do veículo a possibilidade da informação da sua localização, mas não garante a recuperação do veículo, e nem as avarias que o veículo possa sofrer em consequência de uma colisão provocada por um roubo ou furto.

A localização é muito importante quando pensamos em proteger pessoas em caso de sequestros ou delitos do gênero, mas o seguro continua sendo o único instrumento capaz de compensar os prejuízos financeiros de forma parcial ou total, além das avarias consequentes dos acidentes, para o veículo segurado e de outros veículos também, inclusive de pessoas.

Embora com um custo menor, temos que ressaltar que o rastreador é um produto mais básico que o seguro, cobrindo apenas as situações de roubo e furto do veículo. Enquanto os seguros cobrem roubo, furto, incêndio, colisões, acidentes pessoais e possui assistências que auxiliam o motorista no dia a dia, como:

– socorro mecânico para reparo do veículo no local;

– guincho para rebocar o carro para a oficina;

– auxílio em caso de falta de combustível (pane seca);

– chaveiro;

– troca de pneus;

– remoção de passageiros acidentados;

– transporte aéreo, rodoviário ou táxi para levá-lo de volta à sua residência, quando estiver viajando;

– e hospedagem, caso o acidente tenha acontecido em local distante (a quilometragem é definida na apólice) de onde você mora;

– serviços para a sua residência como reparos hidráulicos e elétricos, desentupimento, substituição de telhas e chaveiro;

– serviço de help-desk (assistência ao computador);

– carro reserva.

Entre diversos outros benefícios!

 

Cote AGORA um seguro para seu automóvel!

Fazer Cotação

Post by floripana

Deixe uma resposta