Doença periodontal: o que é e como prevenir

Você sabe o que é doença periodontal? Também conhecida como periodontite, ela tem um nome complicado mas é muito mais comum do que você imagina. As doenças periodontais atingem cerca de 90% da população mundial, segundo a Organização Mundial da Saúde, e são as principais responsáveis pela perda de dentes entre adultos e crianças.

Manter a saúde bucal é fundamental para manter a sua saúde num todo e o seu bem-estar. Por essa razão, vamos ajudar você a entender mais alguns detalhes sobre a periodontite, quais são as causas da doença e como preveni-la.

Quais são as causas?

A doença periodontal é identificada pela inflamação e destruição dos tecidos que protegem o dente, ou seja, a gengiva. Problemas que afetam o sistema imunológico, diabetes e hábitos como fumar e consumir bebida alcoólica podem levar à doença, mas a principal causa é a falta de higiene bucal. Sem a limpeza e a escovação adequadas, bactérias e restos de alimentos se acumulam na boca e o resultado é a popular placa bacteriana. É a placa que provoca a inflamação da gengiva (também chamada de gengivite). Se não for tratada a tempo, a gengivite evolui para periodontite.

Como identificar os sintomas?

A periodontite é uma doença silenciosa e, em seus estágios iniciais, dificilmente provoca dor. Portanto fique atento! Há sinais que muitas vezes são ignorados e que podem servir de alerta. Sangramentos e inchaços na gengiva, dores ao mastigar, mau hálito, amolecimento dos dentes e sensibilidade excessiva são alguns destes sinais. Caso já tenha manifestado algum desses sinais e/ou sintomas – ou mesmo mais de um – procure imediatamente um dentista.

Como tratar?

Agora que você já procurou um dentista e recebeu o diagnóstico é hora de começar o tratamento o quanto antes. Se a doença ainda estiver no estágio inicial, não será necessário procedimentos de grande complexidade.  O dentista realiza a remoção do tártaro e uma limpeza profunda para eliminar restos de comida que se acumulam no espaço entre o dente e a gengiva.

Como prevenir?

Além dos cuidados básicos (escovar os dentes no mínimo três vezes por dia e usar fio-dental), desenvolva o hábito de observar a sua boca como parte da rotina de higiene. Veja se há mudanças na cor e aparência dos dentes e das gengivas e procure logo um profissional se notar algo diferente.

A prevenção caseira é importante, mas não é suficiente. Para garantir uma saúde bucal perfeita não deixe de visitar o seu dentista regularmente. É ele quem vai fazer uma limpeza mais profunda e identificar aquele problema que você não consegue diagnosticar sozinho.

Conheça as melhores opções de Seguro Dental com a Floripana e sorria com segurança 😀

 

Post by floripana